PfiGlax é uma história de origem exclusiva para o Vírus Necroa.

A versão 1.5 trouxe o Vírus Necroa e, juntamente com a praga, novas Conquistas.

Três dessas conquistas giram em torno do Vírus Necroa ter se originado de uma tentativa de curar a AIDS pela empresa farmacêutica fictícia PfiGlax.

A primeira conquista, Ação Rápida, exige que os cientistas refutem a ligação entre o PfiGlax e o Necroa. A segunda conquista, Casca de Banana, exige que os cientistas descubram uma ligação, mas não consigam manipular a praga. A terceira conquista, Não me Pergunte, exige que os cientistas tentem modificar o vírus apenas apenas para que o esforço falhe miseravelmente (se o jogador não impedir a conclusão do projeto, os cientistas serão bem sucedidos em manipular o vírus e aumentará a efetividade de erradicação dos zumbis).

É importante notar que estas três conquistas não podem ser obtidas simultaneamente, portanto, é uma boa ideia salvar o jogo em determinado ponto e usá-lo para obter as conquistas perdidas em vez de começar tudo de novo, afim de economizar tempo.

Como Ativar a História de Origem:

  1. O jogador deve começar no Reino Unido.
  2. Evoluir as Transmissões Saliva 1 e Genoma Segmentado. Isso deve ser feito nos primeiros 60 dias.
  3. Aguardar um pop-up que informa: "PfliGlax anuncia sucesso inicial na cura da AIDS".
    1. A mensagem será exibida após o prazo dos 60 dias. Caso contrário, deve-se tentar novamente.
  4. Prestar atenção em duas manchetes em vermelho:
    1. "Blog diz que PfiGlax luta contra mutação do vírus".
    2. "Executivos da PfiGlax vendem suas partes nas ações".
  5. Evoluir o sintoma Reanimação Citopática.
    1. Esperar que o mundo todo saiba que o vírus reanima os mortos.
  6. Aguardar um pop-up que informa: "PfiGlax está ligada a [nome da praga]".

Pronto, o evento já está ativado!

Curiosidades

  • O nome PfiGlax é uma combinação dos nomes de duas empresas farmacêuticas do mundo real: a Pfizer e a GlaxoSmithKline (esta última sendo sediada no Reino Unido).
  • A PfiGlax se assemelha a Umbrella Corporation, da série de videogames Resident Evil, pelo fato de ambas serem empresas farmacêuticas e terem criado um vírus que transforma pessoas em zumbis (o Vírus Necroa e o Vírus Tyrant "T-Vírus", respectivamente).
    • No entanto, a PfiGlax tinha um objetivo nobre ao criar o Necroa (desenvolver uma cura viável para a AIDS), enquanto que a Umbrella criou o T-Vírus para fins eugenistas e de guerra biológica.
  • A PfiGlax ter criado o Vírus Necroa também se assemelha com a história de origem do Vírus da Raiva no filme Extermínio ("28 Days Later", no inglês), lançado em 2002.
    • Ambos os vírus foram criados por motivos bons em um laboratório na Grã-Bretanha (no caso do Vírus da Raiva, os cientistas queriam produzir um inibidor para controlar a agressividade nos humanos), sofreram uma mutação que os tornaram perigosos e escaparam devido a um acidente no dito laboratório.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.